Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Militares portugueses regressam do Afeganistão após 12 anos

Militares estavam numa missão da Força Internacional de Apoio à Segurança.
11 de Novembro de 2014 às 17:47
Militares portugueses chegam a Lisboa na madrugada de quinta-feira
Militares portugueses chegam a Lisboa na madrugada de quinta-feira FOTO: EPA

Um grupo de 30 militares deixará o Afeganistão na quarta-feira, pondo fim à participação portuguesa na missão da Força Internacional de Apoio à Segurança (ISAF) naquele país, que contou com 3227 militares portugueses em 12 anos.

Dos 57 militares portugueses que estão atualmente no Afeganistão, 56 na ISAF e 1 no ACCI (Comando Aliado de Contra-Inteligência) cerca de 30 partem quarta-feira de Cabul, devendo chegar a Lisboa na madrugada do dia seguinte, disse à Lusa fonte do ministério da Defesa, que promoverá uma cerimónia oficial de receção no início de dezembro, depois do regresso da totalidade do contingente.


De acordo com a mesma fonte, está ainda a ser analisada a possibilidade de se manterem no Afeganistão alguns militares portugueses, em quartéis-generais da NATO - que comanda estas operações, em missões de assessoria e formação.

No dia 1 de janeiro de 2015 começa uma nova missão da NATO, que não é de combate, mas de treino e aconselhamento às forças afegãs, com a presença de 12 mil membros, designada "Resolute Support".

Afeganistão Força Internacional de Apoio à Segurança NATO Portugal militares
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)