Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Quatro portugueses em quarentena no navio Diamond Princess com resultados negativos para coronavírus

Adriano Maranhão é canalizador no cruzeiro há cinco anos e é o único português infetado.
Lusa 23 de Fevereiro de 2020 às 10:46
Cruzeiro Diamond Princess colocado em quarentena
A mulher, Emmanuelle Maranhão, está em permanente contacto com Adriano Maranhão, que quer trazer de volta a Portugal
Cruzeiro Diamond Princess
Cruzeiro Diamond Princess colocado em quarentena
Cruzeiro 'Diamond Princess' no Japão
Cruzeiro Diamond Princess colocado em quarentena
A mulher, Emmanuelle Maranhão, está em permanente contacto com Adriano Maranhão, que quer trazer de volta a Portugal
Cruzeiro Diamond Princess
Cruzeiro Diamond Princess colocado em quarentena
Cruzeiro 'Diamond Princess' no Japão
Cruzeiro Diamond Princess colocado em quarentena
A mulher, Emmanuelle Maranhão, está em permanente contacto com Adriano Maranhão, que quer trazer de volta a Portugal
Cruzeiro Diamond Princess
Cruzeiro Diamond Princess colocado em quarentena
Cruzeiro 'Diamond Princess' no Japão
Quatro portugueses que estão em quarentena no navio "Diamond Princess", tal como Adriano Maranhão, apresentaram resultados negativos para coronavírus, segundo confirmou a DGS ao início da tarde deste domingo.

A mesma entidade confirmou ainda o caso de Adriano Maranhão, o único português confirmado com coronavírus, tal como tinham avançado as autoridade japonesas e confirmado o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Adriano Maranhão, canalizador no navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, está isolado no cruzeiro.

"Foi confirmado pelas autoridades de saúde japonesas que a pessoa em causa deu teste positivo. A família está informada, assim como o próprio", revelou fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros numa nota enviada à agência Lusa.

De acordo com a mesma fonte, o ministério está a "insistir junto das autoridades locais para que se proceda à sua transferência para o hospital de referência", no Japão.

Já no sábado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros afirmava estar a acompanhar a situação de um tripulante português do navio japonês que teria sido infetado com Covid-19, mas admitia então que não tinha ainda informação das autoridades japonesas.

A Direção Geral de Saúde (DGS) também já confirmou este caso. Num comunicado enviado às redações, a DGS "confirma que um dos passageiros portugueses do navio Diamond Princess teve resultado positivo para infeção por novo coronavírus (COVID-19), depois de ter realizado análises laboratoriais."

Adriano Maranhão, de 41 anos. está isolado no cruzeiro "Diamond Princess" no Japão há mais de duas semanas.

Português é canalizador no cruzeiro há cinco anos. 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)