Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Ministério Público faz errata de 15 páginas à acusação da Operação Marquês

Documento é assinado pelo procurador Rosário Teixeira.
26 de Dezembro de 2018 às 16:29
Juiz Ivo Rosa
Operação Marquês, Ivo Rosa, Justiça
Rosário Teixeira
Juiz Ivo Rosa
Operação Marquês, Ivo Rosa, Justiça
Rosário Teixeira
Juiz Ivo Rosa
Operação Marquês, Ivo Rosa, Justiça
Rosário Teixeira
O procurador Rosário Teixeira assina uma errata com 15 páginas relativa à Operação Marquês. No documento, são indicados 85 itens a corrigir na acusação do Ministério Público.

De acordo com o jornal Público, a errata deu entrada no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) no final de Novembro. O juiz de instrução do processo, Ivo Rosa, acedeu a que o Ministério Público faça as correcções.

Segundo a errata, a acusação "enferma de alguns lapsos de escrita" que "podem ser corrigidos por não implicarem qualquer modificação essencial" das acusações de crimes.

As imprecisões respeitam à identificação de escutas telefÓnicas, quanto aos visados e à conversa em concreto relativa a uma imputação feita pelos procuradores.

A fase de instrução da Operação Marquês tem início marcado para o fim de janeiro. Serão realizadas entre três e cinco sessões mensais e já há diligências marcadas até Maio.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)