Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Morre colhido por carro no dia de aniversário da mulher

‘José dos Carvalhos’, de 75 anos, ficou esmagado contra um muro nas festas de Nossa Senhora da Esperança.
José Eduardo Cação 9 de Julho de 2019 às 09:24
Carro atropelou três pessoas durante a festa em honra de Nossa Senhora da Esperança, ontem de madrugada
Carro desgovernado mata homem e faz quatro feridos durante festa em Valença
Carro desgovernado mata homem e faz quatro feridos durante festa em Valença
Carro atropelou três pessoas durante a festa em honra de Nossa Senhora da Esperança, ontem de madrugada
Carro desgovernado mata homem e faz quatro feridos durante festa em Valença
Carro desgovernado mata homem e faz quatro feridos durante festa em Valença
Carro atropelou três pessoas durante a festa em honra de Nossa Senhora da Esperança, ontem de madrugada
Carro desgovernado mata homem e faz quatro feridos durante festa em Valença
Carro desgovernado mata homem e faz quatro feridos durante festa em Valença
"Estamos todos em choque e, depois desta tragédia, quase de certeza que a festa não se voltará a realizar."

As palavras são de um membro da comissão de festas de Nossa Senhora da Esperança e espelha o estado de espírito da população de Azenhas, Valença, após um carro desgovernado ter colhido três pessoas no recinto da festa, pouco depois da meia-noite desta segunda-feira.

José Afonso, conhecido como ‘José dos Carvalhos’, de 75 anos, acabou por morrer, no dia em que a mulher completava 70 anos. O condutor do carro também ficou ferido. As autoridades estão a investigar.

‘José dos Carvalhos’ estava junto a um muro e foi atingido pela viatura. Ainda foi assistido aos ferimentos, mas morreu no hospital de Ponte de Lima.

"Eu só vi o carro a vir ali de cima e ir contra o muro. O homem estava encostado e ficou entalado. O condutor deve ter-se atrapalhado", contou ao CM uma testemunha, que pediu para não ser identificada.

Ao lado da vítima mortal estava o presidente da Junta de Gandra - uma freguesia próxima -, que ficou com uma perna partida. Uma mulher também foi atingida num pé.

"O condutor, de 73 anos, e a mulher, de 74, que também estava na viatura, ficaram feridos. Os quatro foram levados para o hospital de Viana do Castelo", indicou José Miguel, comandante dos Bombeiros de Valença. No local esteve também a corporação de Monção e o INEM.

A vítima mortal, José Afonso, deixa dois filhos - um rapaz e uma rapariga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)