Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Morre em fogo antes do divórcio

Rui Pereira, 41 anos, ia oficializar hoje a separação. Foi encontrado morto no corredor
7 de Outubro de 2013 às 10:05
De acordo com os bombeiros, o incêndio terá começado no quarto, por razões ainda desconhecidas
De acordo com os bombeiros, o incêndio terá começado no quarto, por razões ainda desconhecidas FOTO: Roberto Bessa Moreira

Um homem, de 41 anos, morreu intoxicado, na manhã de ontem, na sequência de um fogo que deflagrou na casa que habitava em Milhundos, Penafiel. Rui Augusto Pereira ia divorciar-se hoje, depois de a mulher e os dois filhos menores terem saído daquela casa no início do ano.

Segundo os Bombeiros de Penafiel, o alerta foi dado pouco depois das 05h00 por moradores da rua Aveleira de Alentém e, à chegada dos elementos, parte da casa já estava tomada pelas chamas.

"O fogo terá começado no quarto", avançou ao CM o adjunto de comando dos Bombeiros de Penafiel, José Silva. Depois de terem sido garantidas as condições de segurança para a realização de uma busca, o cadáver de Rui Augusto Pereira foi encontrado no corredor da habitação.

Os bombeiros ainda conseguiram impedir que as chamas se alastrassem ao resto da casa. Apesar dos esforços, parte da residência ficou destruída pelo fogo. As causas das chamas não são ainda conhecidas. Moradores dizem que Rui usava muitas velas em casa. De acordo com os vizinhos, o homem, que era calceteiro, vivia sozinho desde a separação. "Depois disso ele só me pagou uma renda, quase nunca o via", explicou o senhorio José Silva.

FOGO INCÊNDIO MORTE ÓBITO
Ver comentários