Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Morreu o Capitão de Abril Teófilo Bento. Militar ocupou instalações da RTP no 25 de Abril de 1974

Missão liderada pelo militar foi considerada essencial para o sucesso da Revolução dos Cravos.
SÁBADO 29 de Julho de 2020 às 23:08
Morreu o Capitão de Abril Teófilo Bento, aos 75 anos. O militar ficou responsável pela tomada das instalações da RTP, no Lumiar, no 25 de Abril de 1974, data em que foi deposto o Estado Novo. 

A informação é avançada em comunicado pela Associação 25 de Abril, da qual Teófilo Bento foi sócio fundador. No texto da Associação pode ler-se que o sucesso da sua missão " viria a revelar-se de primordial importância, para o sucesso alcançado, nessa maravilhosa madrugada libertadora".

O capitão Rodrigo Sousa Castro lembrou, através das redes sociais, o "transmontano de gema que na madrugada de 25 de Abril de 1974 ocupou o 1º objetivo importante do Movimento dos capitães", acrescentando que "viveu modestamente, sem alardes, bazófias e respeitando sempre o Povo por cuja Liberdade lutou". 



Francisco Seixas da Costa, antigo oficial e diplomata, lembra o megafone que se tornou a sua imagem de marca, lembrando também um dia em que o capitão se terá dirigido a ele. Conta o diplomata que Bento o terá chamado e perguntado se "estaria disponível para entrar numa ação militar para deitar abaixo o regime?".

Segundo Seixas da Costa, Teófilo Bento "foi um "puro", um homem bom, com grande humor e forte sentido solidário. Estava, desde há não muitos anos, recolhido num lar".

De acordo com o comunicado da Associação 25 de Abril, "por vontade do próprio", não haverá velório. O corpo será cremado, na quinta-feira, na presença dos familiares mais próximos.

Francisco Seixas da Costa Teófilo Bento Lumiar RTP Estado Novo Associação questões sociais morte
Ver comentários