Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Morte suspeita na mira da PJ

Um homem de 44 anos foi ontem encontrado morto junto à ribeira de Xévora, no concelho de Campo Maior, ao final da manhã. As autoridades suspeitam de crime, possível homicídio, devido às condições e ao local em que foi encontrado o cadáver, por trabalhadores agrícolas de uma propriedade vizinha. A PJ está a investigar.
23 de Dezembro de 2009 às 00:30
Corpo foi removido após largas horas de recolha de indícios de um possível crime de homicídio
Corpo foi removido após largas horas de recolha de indícios de um possível crime de homicídio FOTO: Pedro Galego

A vítima, Manuel Paixão, era conhecida por ‘Trini’. Solteiro e natural de Campo Maior, era pedreiro de profissão. A sua morte estranha era ontem tema de conversa na vila da raia alentejana. "O sítio onde apareceu é que é estranho. Não se desconfia de nada", disse ao CM um conhecido de Manuel Paixão.

"O corpo foi encontrado em condições não esclarecedoras em relação à existência ou não de crime. Agora, a investigação está a cargo da Polícia Judiciária", disse fonte da GNR.

Ao que o CM apurou, o corpo apresentava algumas marcas que poderiam ser de agressão, mas essa hipótese continua ainda por apurar. O local onde se encontrava, junto a uma casa de máquinas perto da ribeira, nas imediações da Herdade do Salvador, dista cinco quilómetros do centro da vila e é um sítio de difícil acesso. A parte final tem de ser percorrida numa estrada de terra batida em mau estado, devido à chuva dos últimos dias.

A recolha de indícios prolongou-se pela tarde, tendo o trabalho sido concluído cerca das 17h00, hora a que foi removido o cadáver. A investigação aguarda agora os resultados da autópsia.

Ver comentários