Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

MP acusa quatro arguidos por roubos por esticão a idosos em Barcelos e Famalicão

Homens aproximaram-se das vítimas e simularam uma interação social normal. Sacaram-lhes depois os adereços.
Lusa 21 de Maio de 2020 às 22:38
Tribunal
Tribunal FOTO: Getty Images
O Ministério Público (MP) acusou um homem e três mulheres por roubos por esticão a idosas e assalto a uma residência, crimes cometidos nos concelhos de Barcelos e Famalicão, anunciou esta quinta-feira a Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

Em nota publicada na sua página, a procuradoria refere que o MP considerou indiciado que os arguidos praticaram "vários assaltos por esticão, escolhendo vítimas idosas do sexo feminino" que portavam ornamentos de ouro ou a tal semelhados, nomeadamente fios e anéis".

Segundo o MP, os arguidos aproximavam-se das vítimas "simulando normal interação social, sacando-lhes depois repentinamente os adornos".

Os crimes ocorreram nas freguesias de Outiz e Landim, ambas do concelho de Vila Nova de Famalicão, e em Grimancelos, Roriz e Remelhe, no concelho de Barcelos, entre agosto e setembro de 2019.

Os bens roubados estão avaliados em mais de 7.400 euros.

O arguido e duas arguidas estão ainda acusados de, no dia 05 de setembro de 2019, em Roriz, Barcelos, terem assaltado uma casa de residência, de onde retiraram uma bolsa de mulher contendo 230 euros e dois cartões de débito, que depois foram usados para dois levantamentos de 200 euros cada um e para uma transferência bancária no valor de 1.500 euros.

No processo, é ainda arguida uma outra mulher, por furto qualificado.

O arguido aguarda o julgamento em prisão preventiva.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)