Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

MP pede prisão preventiva para suspeitos da morte de Jéssica em Setúbal

Em causa está o perigo de fuga e de alarme social.
Tânia Laranjo 25 de Junho de 2022 às 11:46
A carregar o vídeo ...
MP pede prisão preventiva para suspeitos da morte de Jéssica em Setúbal
O Ministério Público acrescentou, este sábado, o crime de coação à acusação dos suspeitos no caso de Jéssica, a menina de três anos que morreu vítimas de maus-tratos esta segunda-feira em Setúbal.

Os três suspeitos, detidos pela Polícia Judiciária, já estavam indiciados por homicídio qualificado, rapto, extorsão e ofensas à integridade física. Este sábado, o Ministério Público pediu prisão preventiva para os suspeito, uma vez que há o perigo de fuga e de alarme social.

A bruxa 'Tita', o marido, Justo, e a filha de ambos, Esmeralda, vão continuar a ser ouvidos durante este sábado no Tribunal de Setúbal pelas 10h. As medidas de coação, segundo informação oficial, vão ser conhecidas pelas 15h00.

A filha de Esmeralda, uma das suspeitas, terá assistido ao crime macabro. Foi entregue à família de Leiria, onde estavam escondidos.

A Polícia Judiciária deverá investigar a mãe da menina, Inês, por maus tratos continuados, em episódios anteriores ao sucedido.
Ministério Público Jéssica Setúbal crime lei e justiça questões sociais morte tribunal
Ver comentários
}