Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Mulher condenada a 16 anos de prisão por matar namorado à facada

Arguida respondeu com faca a cena de ciúmes feita pela vítima.
Miguel Curado 11 de Fevereiro de 2021 às 08:47
A carregar o vídeo ...
Mulher condenada a 16 anos de prisão por matar namorado à facada
Uma mulher de 33 anos foi condenada a 16 anos de prisão pelo Tribunal de Loures, e a pena acessória de expulsão de Portugal por cinco anos (a arguida é brasileira), por ter matado à facada o namorado numa discussão na residência deste, em Odivelas.

O crime ocorreu a 19 de janeiro de 2020. Tal como o CM noticiou na altura, a vítima, Flávio Sousa, um imigrante brasileiro de 39 anos que residia em Portugal há cerca de 15, tinha iniciado uma relação com a arguida, sua compatriota, sem que os amigos ou familiares mais próximos se apercebessem. Divorciado e pai de uma filha, o operário da construção civil passou mesmo a morar com ela.

No dia do crime, e segundo ficou provado durante o julgamento realizado no Tribunal de Loures, os dois estiveram várias horas com amigos num bar, onde consumiram bebidas alcoólicas. Regressados a casa, terão iniciado uma discussão motivada pelos ciúmes demonstrados por Flávio Sousa. Desagradada, a arguida pegou numa faca de cozinha que usou para lhe desferir vários golpes, à traição. Foi a própria a chamar a PSP e os bombeiros, que confirmaram o óbito de Flávio Sousa. A arguida vai manter-se em prisão preventiva à espera do trânsito em julgado da pena.
Flávio Sousa Tribunal de Loures Portugal Odivelas questões sociais crime lei e justiça julgamentos
Ver comentários