Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Mulher de 41 anos identificada pela PJ por suspeitas de atear quatro fogos na Trofa

Suspeita tem uma anomalia psíquica, comprovada por atestado médico.
Correio da Manhã 11 de Setembro de 2020 às 18:05
Detenção foi feita pela Polícia Judiciária de Braga
Detenção foi feita pela Polícia Judiciária de Braga FOTO: Diogo Pinto

A Polícia Judiciária identifica constituiu arguida uma mulher de 41 anos, suspeita de ter ateado quatro incêndios florestais ocorridos nos meses de julho, agosto e setembro em Alvarelhos, Trofa. O fogo terá sido provocado com recurso a isqueiro.

A suspeita não possui antecedentes criminais, e tem uma anomalia psíquica, atestada por relatório médico.

A situação foi encaminhada para o Ministério Publico.

incêndios Trofa Alvarelhos PJ
Ver comentários