Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Mulher de 79 anos morre vítima de incêndio em lar ilegal

Vítima foi retirada de helicóptero do lar, em estado crítico, mas acabou por não resistir aos ferimentos.
J.D. 7 de Fevereiro de 2020 às 08:54
Fogo deixou 18 idosos feridos
Fogo deixou 18 idosos feridos FOTO: Pedro Brutt Pacheco
A mulher, de 79 anos, que estava internada em estado grave na Unidade de Queimados do Hospital de S. José, em Lisboa, morreu na quarta-feira, devido aos ferimentos causados pelo incêndio num lar de idosos ilegal, em Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, a 27 de janeiro.

A mulher foi retirada de helicóptero do lar, em estado crítico, com quase 70% do corpo coberto de queimaduras de 2º e 3º grau, e acabou por não resistir à extensão dos ferimentos.

O incêndio provocou 18 feridos, seis deles graves. Um deles continua internado no Serviço de Medicina do Hospital de Abrantes. O doente que tinha sido levado para a Unidade de Queimados do Hospital de São João, no Porto, voltou esta quarta-feira para o hospital de Tomar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)