Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Mulher esfaqueia marido na cama e fala em acidente

Eliana Henão tapou a boca ao companheiro com a mão enquanto dizia: “vais morrer”. Caso aconteceu em Esposende.
Fátima Vilaça 22 de Janeiro de 2020 às 08:42
Mulher na cama
Mulher na cama FOTO: Getty images
Eliana Henão esperou que o marido adormecesse, após uma violenta discussão, e atacou-o à traição. Com António Gamas a dormir de barriga para baixo, a mulher muniu-se de uma faca de serrilha e, sem acender a luz, espetou-a nas costas do companheiro.

A agressão foi de tal forma violenta que a faca se partiu. António gritou e, para evitar que acordasse os filhos, a mulher tapou-lhe a boca com a mão, enquanto lhe dizia: "Vais morrer".

Eliana Henão, de 34 anos, foi agora acusada de um crime de homicídio qualificado na forma tentada. O Ministério Público quer que a agressora perca o direito à herança. O crime ocorreu a 11 de abril de 2018 em Marinhas, Esposende.

Quem prestou os primeiros socorros a António Gamas, na altura com 41 anos, foi a filha, de 14, a quem a madrasta disse que o pai tinha sofrido um acidente. Quando os bombeiros chegaram, Gamas confidenciou: "A minha mulher espetou-me uma faca nas costas". Eliana foi detida pela PJ de Braga no dia seguinte e ficou em preventiva.

Acabou por ser libertada, após pedido expresso pelo marido ao Juiz de Instrução do Tribunal de Guimarães.
António Gamas Eliana Henão crime lei e justiça tribunal questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)