Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Mulher ferida em choque que mata oito javalis

Caçador, pai da vítima, revoltado com presença de animais na Estrada Municipal 511, em Beja.
António Lúcio e J.S. 19 de Setembro de 2019 às 08:35
Mulher ferida em choque que mata oito javalis
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Mulher ferida em choque que mata oito javalis
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Mulher ferida em choque que mata oito javalis
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Oito javalis morrem em acidente que destruiu carro em Beja
Um casal que circulava na Estrada Municipal 511, no sentido Salvada-Beja, ficou com o veículo praticamente destruído após um acidente que envolveu oito javalis, pelas 21h45 horas de terça-feira. Os animais morreram no local e foram levados por populares. A mulher, de 24 anos, foi transportada para o Hospital de Beja com ferimentos ligeiros.

O pai da mulher, com quem o CM falou, está revoltado com a situação. "Cerca de 20 porcos saíram do milheiral e atravessaram-se na estrada. A minha filha não conseguiu evitar a colisão", contou João Barbeiro.

O homem – caçador há muitos anos - não tem dúvidas em afirmar que "a praga de javalis está incontrolável". "Eles reproduzem-se como ratos. Se não tomarem medidas, dentro de pouco tempo, invadem a cidade [Beja]". "Além de provocarem cada vez mais acidentes, estão a acabar com as lebres, perdizes e coelhos", afirma o caçador.

O número de acidentes de viação provocado por animais já tem alguma expressão. Em 2018, segundo dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária registaram-se 106 acidentes com animais e envolvendo vítimas humanas.

Aumentam pedidos de abate de animais
Com o objetivo de travar o crescimento do número de javalis é permitida a caça de espera e de batida, até final do mês, em zonas venatórias. O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) confirma um aumento de pedidos de abates, reflexo de uma maior presença destes animais. O ICNF reconhece, contudo, que não é possível valores absolutos de javalis, por ser uma espécie com grande capacidade de mobilidade.
Hospital de Beja Estrada Municipal 511 Salvada-Beja Beja ICNF interesse humano animais questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)