Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Mulher vai ser alvo de queixa por falso alarme sobre bebé atirado ao mar

Alerta deu azo a buscas que envolveram uma grande quantidade de meios da Polícia Marítima, bombeiros (com drone), salva-vidas e Proteção Civil.
Ana Palma 12 de Julho de 2020 às 10:20
Lancha nas buscas
Lancha nas buscas FOTO: Pedro Noel da Luz
Uma mulher que quinta-feira à tarde enviou um e-mail à Polícia Marítima onde referia ter visto um bebé a ser atirado para o mar, na Praia da Rocha, vai ser alvo de um processo-crime por falso alarme.

O caso “vai ser remetido ao Ministério Público de Portimão”, confirmou este sábado o CM junto do comandante Gonzalez dos Paços, da Capitania do Porto de Portimão. O falso alarme deu azo a buscas que envolveram uma grande quantidade de meios da Polícia Marítima, bombeiros (com drone), salva-vidas e Proteção Civil.

Polícia Marítima Praia da Rocha questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)