Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Multas duplicam para condutores apanhado ao telemóvel

Infração grave leva à perda de mais um ponto na carta.
Salomé Pinto 28 de Novembro de 2020 às 09:22
Condutor ao telemóvel
Condutor ao telemóvel FOTO: iStockphoto
Os condutores ao telemóvel vão pagar multas mais pesadas. Os valores mínimos e máximos duplicam a partir do próximo ano, segundo uma alteração ao Código da Estrada aprovada esta sexta-feira pelo Governo.

“O que está previsto é que aquelas [coimas ] que se cifravam no patamar dos 120 euros possam passar para os 250 e as que estavam no patamar dos 600 euros passam para os 1250”, anunciou esta sexta-feira a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, no final da reunião do Conselho de Ministros.

“Por ser uma infração grave, há também a perda de três pontos na carta de condução”, ou seja, mais um ponto do que atualmente, esclareceu em comunicado o Ministério da Administração Interna. O decreto-lei que altera o Código da Estrada consagra ainda a proibição de aparcamento e pernoita de autocaravanas fora dos locais autorizados. O diploma terá agora de ser promulgado pelo Presidente da República e só entra em vigor 30 depois de ser publicado em Diário da República. Fazendo as contas, é provável que as novas regras só entrem em vigor em janeiro, segundo fonte do Executivo.
Ver comentários