Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

“Não a queria matar, mas assustar. Estou arrependido”, disse homem que esfaqueou 'ex' na Lourinhã

Rui Silva entregou-se esta quarta-feira de manhã às autoridades.
Miguel Curado 1 de Outubro de 2020 às 08:23
Rui Silva entregou-se
Rui Silva entregou-se FOTO: Direitos Reservados
Rui Silva, o homem de 44 anos que na segunda-feira esfaqueou com gravidade a ex-mulher, de 48, no terminal rodoviário da Lourinhã, entregou-se esta quarta-feira de manhã na GNR.

“Não a queria matar, mas assustar. Estou arrependido”. Sabe o CM que foi assim que o agressor se justificou aos militares. Recorde-se que Rui Silva já era investigado há pelo menos dois meses por um núcleo antiviolência doméstica. A GNR apreendeu, pouco após a agressão, um carro com o telemóvel e roupa. Deverá ser entregue à custódia da PJ. 
Lourinhã Rui Silva GNR crime lei e justiça
Ver comentários