Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Nova apreensão eleva para 1,2 milhões número de cigarros apreendidos pelo fisco desde 2018

Mais de 64 mil cigarros apreendidos no aeroporto do Porto são de várias marcas.
Lusa 17 de Janeiro de 2020 às 20:45
Cigarros
Cigarros
Cigarros
Cigarros
Cigarros
Cigarros
Cigarros
Cigarros
Cigarros
A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) anunciou esta sexta-feira a apreensão de mais de 64 mil cigarros no aeroporto do Porto, elevando para mais de 1,12 milhões o número de cigarros apreendidos nos aeroportos nacionais desde o início de 2018.

Num comunicado hoje publicado no Portal das Finanças, a AT refere que a apreensão decorreu "no âmbito da defesa da fronteira externa, mais especificamente no controlo aduaneiro de passageiros e suas bagagens".

Os mais de 64 mil cigarros apreendidos são de várias marcas e encontravam-se "dissimulados em quatro malas de porão, transportadas por passageiros procedentes de Angola e da Ucrânia", detalha o comunicado adiantando que está em causa "o não pagamento de direitos aduaneiros, IVA e imposto sobre o tabaco".

A deteção do tráfego ilícito de cigarros foi levada a cabo pelos funcionários aduaneiros, através de técnicas de inspeção e controlo desenvolvidas pela AT, para reforçar o combate "à prática de atos ilícitos, à proteção da sociedade e da saúde pública".

Esta foi a segunda apreensão de tabaco reportada pela AT desde o início deste ano. A primeira envolveu 84 mil cigarros detetados num controlo à bagagem transportada por uma viajante de nacionalidade angolana.

De acordo com a informação disponibilizada no Portal das Finanças, desde o início de 2018, o número de cigarros apreendidos pelos funcionários da AT em aeroportos nacionais ultrapassa 1,12 milhões.

A este número soma-se, em 2018, uma apreensão de 650 quilos de tabaco para cachimbo de água, que foram detetados nas bagagens de mão e de porão de um voo procedente do Dubai.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)