Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Onze respondem por morte de trabalhador em queda de telhado de hotel nos Açores

Entre os arguidos estão quatro empresas.
Miguel Curado 18 de Janeiro de 2022 às 09:11
Justiça
Justiça FOTO: Getty Images
O Ministério Público de Ponta Delgada, nos Açores, acusou 11 arguidos, entre os quais quatro empresas, por homicídio negligente. Em causa está a morte de um trabalhador, ocorrida na sequência da queda do telhado de um hotel.

A empresa empregadora da vítima, que morreu a 16 de setembro de 2015 devido aos ferimentos sofridos numa queda de mais de 20 metros, será julgada por homicídio negligente.

Outra firma responderá por homicídio por negligência grosseira. Os restantes nove arguidos estão acusados por violação das regras de segurança com negligência relativamente ao perigo, agravado pelo resultado morte. A PJ investigou o caso.
Açores Ministério Público de Ponta Delgada questões sociais morte crime lei e justiça
Ver comentários