Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Pai faz parto da filha dentro de carro na A4 a caminho de Bragança

Bombeiros de Macedo de Cavaleiros chegaram ao local e a criança já tinha nascido. Mãe e bebé estão bem.
Tânia Rei 27 de Janeiro de 2020 às 18:29
Pai faz parto da filha dentro de carro na A4 a caminho de Bragança
Bombeiros
Pai faz parto da filha dentro de carro na A4 a caminho de Bragança
Bombeiros
Pai faz parto da filha dentro de carro na A4 a caminho de Bragança
Bombeiros

É a segunda filha do jovem casal, que vive Freixo de Espada à Cinta, em direção à única maternidade do distrito, em Bragança. A mãe, Daniela, começou a ter contrações, e rumaram a Bragança, onde contavam chegar a tempo de realizar o parto na unidade hospitalar: "Tinha contrações, mas não eram fortes. Depois as contrações começaram a ser menos espaçadas, cerca de um minuto entre cada uma", conta ao CM José Estácio, o pai da menina. Encostou o carro na autoestrada, junto à saída para o Azibo. E depois foi tudo muito rápido. Em "cerca de 10 minutos" nascia a bebé, no banco da frente da viatura, tendo como parteiros o pai e Natália Moreira, amiga da família que seguia com o casal. José Estácio, que é bombeiro voluntário, confessa que sentiu algum nervosismo:" É um momento que é inesquecível".

José ligou para o 112, para chamar ajuda. Cerca das 21h30 deste domingo, chegava aos bombeiros de Macedo de Cavaleiros o alerta para esta ocorrência especial:"Quando chegámos, o parto tinha acabado de acontecer. Verificámos o estado de saúde da mãe e da bebé. Estava tudo bem", recorda ao CM Gualter Castro, bombeiro da corporação macedense que estava de serviço.



Ao local foi também chamada a equipa médica do Heli 3 do INEM, sediada em Macedo de Cavaleiros. Deslocaram-se na Viatura Médica de Emergência e Reanimação afeta ao serviço. A bordo seguia a enfermeira Elisabete Espinheira, também especialista em saúde materna:"Quando chegámos, a mãe estava sentada no banco do carro. Tinha o bebé em cima do colo, e estava a mamar", descreve. Aqueceram a bebé, cortaram o cordão umbilical e ajudaram no necessário para transportar mãe e bebé para o hospital. Hélio Martins, médico, fez a sua estreia a ajudar em partos:"Entregámos mãe e bebé diretamente no serviço de obstetrícia. A mãe foi prontamente vista pela equipa de obstetrícia e a bebé pela equipa de pediatria". O momento acabou por ficar registado numa fotografia, partilhada depois nas redes sociais:"Até para a Alice ficar com aquele momento recordado, com a equipa que tinha participado na sua estabilização".

Alice nasceu com cerca de 2,800kg e tanto ela como a mãe estão bem.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)