Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

PGR abre inquérito ao caso dos esquemas de critomoedas de influenciadores

Na origem estará uma queixa apresentada ao Ministério Público.
Correio da Manhã 4 de Março de 2021 às 13:12
Bitcoin criptomoedas
PGR
Bitcoin criptomoedas
PGR
Bitcoin criptomoedas
PGR
Deu entrada no Ministério Público uma queixa relativa a esquemas de burla com criptomoedas praticados por influencadores, nomeadamente youtubers.

A Procuradoria-Geral da República confirmou ao Correio da Manhã a receção de uma participação que originou um inquérito dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

A PGR não confirmou, no entanto, os envolvidos.

Em causa está uma petição, que conta já com milhares de assinaturas, que pedia à Polícia Judiciária (PJ) que investigasse os "esquemas ou pseudo-negócios" praticados pelos influenciadores digitais.

Entre os visados está o youtuber Windoh, que vende cursos de investimento em ações e criptomoedas a 400 euros e que o hacker RedLive13 alega tratarem-se de "burla". Windoh já reagiu e diz que as acusações são "blasfémias".
Ver comentários