Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras

Jovens de 21 e 26 anos foram hospitalizados. Um foi atingido com copo de vidro na cara.
Nelson Rodrigues e Aureliana Gomes 15 de Junho de 2020 às 01:30
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras
Piropo leva a batalha campal com dois feridos em Felgueiras

Foi uma verdadeira batalha campal. Copos e garrafas pelo ar. Vidros espalhados pelo chão. Murros, pontapés, empurrões e muitos gritos. A confusão instalou-se, este domingo de madrugada, no centro da cidade de Felgueiras e, ao chegar ao local, a patrulha da GNR viu-se obrigada a chamar reforços. Os desacatos entre jovens só terminaram com a entrada em cena da Unidade de Intervenção. No meio das agressões, dois rapazes, de 21 e 26 anos, ficaram feridos. Um deles foi atingido num olho com um copo de vidro, arremessado no meio da pancadaria. Foram hospitalizados. 

O alerta foi dado à 01h30. Na origem da violenta rixa terá estado um piropo feito por um homem a uma mulher. Um amigo não gostou de ouvir a ‘boca’ e após o confrontar envolveram-se em agressões junto a um café. Em poucos segundos o caos instalou-se com dezenas de jovens a agredirem-se.

As imediações do local onde ocorreram os desacatos são agora frequentadas por grupos de jovens que, impedidos de irem a bares e discotecas, ainda encerrados devido à Covid-19, se juntam num pequeno jardim a consumir bebidas alcoólicas e a fumar.

Espelho de carro partido durante confusão
O espelho retrovisor de um carro ficou destruído no meio da confusão. "Já fui fazer uma participação à GNR. Isto é uma pouca vergonha de noite. Todas as sextas e sábados há confusões aqui e miúdas a serem levadas para o hospital em coma alcoólico. Muito barulho sempre e muito lixo no dia seguinte", contou ao CM José Silva, morador nos prédios em frente ao jardim onde ocorreram os desacatos. A GNR vai agora investigar este caso.

Felgueiras GNR Unidade de Intervenção crime lei e justiça polícia artes cultura e entretenimento
Ver comentários