Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

PJ acredita que rapper Mota Jr foi torturado antes de morrer

Corpo do cantor de 28 anos foi encontrado esta segunda-feira, em avançado estado de decomposição, em Sesimbra.
Débora Carvalho 20 de Maio de 2020 às 17:10
David Mota, mais conhecido por Mota Jr., terá sido torturado e obrigado a confessar onde tinha o dinheiro e as jóias guardadas. 

O rapper, raptado a 15 de março em São Marcos, Sintra, foi apanhado na entrada do prédio por dois encapuzados. No local foram encontrados pertences do rapper e sangue espalhado pelo chão.

O corpo do jovem de 28 anos acabou por ser encontrado na segunda-feira à noite, em avançado estado de decomposição, numa zona de mato, em Sesimbra.

A morte do rapper terá sido motivada pelo roubo do ouro do jovem. A Polícia Judiciária acredita que Mota Jr. terá sido torturado para revelar onde tinha os bens. 

No dia seguinte ao desaparecimento do jovem, e aproveitando o facto da mãe e da irmã do cantor estarem ausentes, a casa da família foi assaltando, tendo sido levado somente o ouro e o dinheiro de Mota Jr.
David Mota crime lei e justiça crime rapto mota jr violência assalto torturado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)