Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

PJ acredita que Rui Pinto denunciou 'Luanda Leaks'

Autoridade crê que o pirata informático acusado de aceder a contas de email do Benfica, da PGR e de advogados, divulgou documentos.
SÁBADO 25 de Janeiro de 2020 às 10:16
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto
A Polícia Judiciária acredita que Rui Pinto foi o denunciante por detrás dos Luanda Leaks. 

Segundo avança o jornal Público, muitos dos 715 mil ficheiros que foram divulgados integram o processo em que o hacker será julgado como outros que estão a ser investigados. 

Toda a acusação a Rui Pinto
Sporting, Doyen, Federação Portuguesa de Futebol, Sociedade de Advogados PLMJ, Procuradoria Geral da República e Departamento Central de Investigação e Acção Penal. De acordo com a acusação do Ministério Público, entre 2015 e 2019 o pirata informático Rui Pinto devassou os sistemas informáticos e de email destas instituições através de inúmeros programas encontrados nos seus computadores e discos rígidos apreendidos na Hungria.

Rui Pinto foi acusado. Como é que PJ o apanhou?
O Ministério Público deduziu acusação a Rui Pinto, o hacker suspeito de ter tido acesso aos emails do Benfica. A acusação diz respeito ao caso Doyen e o jovem informático é acusado de acesso ilegítimo e extorsão na forma tentada.

O que Rui Pinto contou no interrogatório
Na única vez que aceitou falar às autoridades, o criador do Football Leaks garantiu nunca ter cometido qualquer pirataria nem ter tentado ganhar dinheiro com informação confidencial. 

 


Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)