Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

PJ detém mulher por suspeita de burla qualificada em Macedo de Cavaleiros

Foram apreendidos "vários documentos e objetos usados na prática dos crimes".
Lusa 22 de Novembro de 2021 às 14:25
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária FOTO: Pedro Catarino
A Polícia Judiciária (PJ) deteve uma mulher pela presumível prática de vários crimes de burla qualificada, na freguesia de Bornes, em Macedo de Cavaleiros, distrito de Bragança.

No âmbito da investigação, foram apreendidos "vários documentos e objetos usados na prática dos crimes" e foi possível apurar "a existência de dezenas de vítimas a nível nacional, que terão sido enganadas em valor que ascende a dezenas de milhares de euros, no decurso dos anos de 2014 a 2021", refere a PJ, que esclarece que o mandado de detenção foi emitido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra.

Em comunicado, a PJ adianta que a suspeita, divorciada, agricultora, de 33 anos, anunciava em 'sites' e redes sociais o arrendamento de imóveis, venda de diversos artigos, veículos e animais, e convencia as vítimas a pagarem as quantias monetárias em causa, por transferência bancária, mas que depois não recebiam qualquer contrapartida.

A detida foi presente às autoridades judiciárias competentes, ficando sujeita a obrigação de apresentação periódica diária no posto policial da sua área de residência e proibição de usar internet.

PJ Macedo de Cavaleiros Polícia Judiciária Bragança crime lei e justiça polícia questões sociais tribunal
Ver comentários