Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Polícia desmaia após agressão em Lisboa

Agente espancado por holandês em Lisboa desmaiou na esquadra. Outro caso aconteceu em Setúbal.
Miguel Curado 6 de Outubro de 2018 às 09:19
Polícia
PSP
PSP
PSP
Polícia
PSP
PSP
PSP
Polícia
PSP
PSP
PSP
Um chefe e dois agentes da PSP foram brutalmente agredidos entre o final da tarde de quinta-feira e a madrugada de sexta-feira, em Setúbal e Lisboa, respetivamente. Um dos polícias atacados na capital chegou mesmo a desmaiar.

A primeira agressão ocorreu pelas 19h50 de quinta-feira, em Setúbal. Um chefe da PSP de folga abordou um homem, quando este urinava na rua. Apesar de estar à civil, o polícia identificou-se com a carteira profissional, pedindo o cartão de cidadão ao homem. Em poucos segundos, outro transeunte tentou impedir que o amigo fosse revistado, ameaçando e dando murros no peito do chefe da PSP. No ataque ao elemento policial, este levou ainda violentamente com uma garrafa na cabeça.

Os dois agressores fugiram num Ford Mondeo, enquanto o chefe da PSP foi assistido no Hospital de São Bernardo. E pouco depois das seis da manhã de sexta-feira, desta vez na rua Cintura do Porto de Lisboa, dois agentes da PSP, à civil, abordaram um cidadão holandês que agredia um casal. Aparentemente alcoolizado, o atacante desferiu murros e pontapés nos dois agentes, abandonando o local a correr.

Apesar de combalidos, os polícias localizaram-no na zona do Cais do Sodré, levando-o para a esquadra. Durante a fuga, o holandês ainda terá atacado outro homem junto ao bar Titanic. Os três civis feridos pelo agressor foram para o Hospital de São José. E um dos polícias sentiu-se mal já na esquadra: desmaiou. Tanto ele como o colega foram assistidos no mesmo hospital.
PSP Setúbal Cais do Sodré Titanic polícia agressões agentes holandês
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)