Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Português atacado por crocodilo diz que sentiu um "choque muito grande nas costas"

Madeira explica que sentiu um “choque muito grande nas costas” e ainda conseguiu ver o corpo do crocodilo a afastar-se.
Correio da Manhã 30 de Setembro de 2020 às 08:35
Animal mordeu braço e costas
Animal mordeu braço e costas FOTO: EPA
Um português foi mordido domingo por um crocodilo numa praia de Baucau, Timor-Leste, quando estava com um amigo a fazer pesca submarina, contou o próprio à Lusa. “Pelo tamanho que tinha, talvez uns três metros, se ele quisesse tinha-me levado”, disse Fernando Madeira, que tem ferimentos nas costas e no braço.

“É um milagre inexplicável não ter sido mais grave e que deve servir de lição para outros e de alerta para a necessidade de que se tomem medidas para garantir a segurança das pessoas”, explicou. O ataque ocorreu a cerca de 200 metros da costa numa zona de recife de coral.

Madeira explica que sentiu um “choque muito grande nas costas” e ainda conseguiu ver o corpo do crocodilo a afastar-se. “Começámos a nadar para terra, usámos um pano para estancar o sangue e depois viajámos até Baucau, onde fui logo ao hospital”, referiu. Um portal que regista ataques de crocodilos tem registados seis mortos em 2018 e seis em 2019, em Timor-Leste. Entre 2007 e 2014 houve pelo menos 59 mortos.

Baucau Timor-Leste Fernando Madeira Madeira questões sociais
Ver comentários