Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Presidente da Câmara da Covilhã suspeita de "fogo posto"

Incêndio deflagrou em vários pontos em simultâneo.
Alexandre Salgueiro e José Durão 30 de Julho de 2020 às 09:40
A carregar o vídeo ...
"Temos uma frente muito preocupante junto à aldeia": Presidente da Câmara da Covilhã faz ponto de situação do fogo
Três focos de incêndio que deflagraram praticamente em simultâneo numa zona florestal, nas imediações da aldeia de Sobral de São Miguel, Covilhã, levantaram esta quarta-feira suspeitas da existência de mão criminosa.

“Na prática, só pode ser fogo posto, mas cabe às autoridades investigar” , afirmou Vítor Pereira, presidente da Câmara da Covilhã, que disse ter recebido “indicações de populares que acompanharam o deflagrar do incêndio”.

As chamas tiveram início pelas 14h43 numa zona de floresta densa e com declive acentuado. Ao início da noite estavam a ser combatidas por mais de três centenas de operacionais, tendo ameaçado casas.
Sobral de São Miguel Covilhã acidentes e desastres incêndios
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)