Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Procurador pede condenação de amante de Rosa Grilo

Viúva de triatleta quer ser libertada e exige novo julgamento.
Tânia Laranjo 10 de Abril de 2020 às 01:30
Caso Viúva Rosa apaixonou o país. António Joaquim, o amante, foi uma das figuras centrais
Rosa Grilo
Triatleta Luís Grilo
Caso Viúva Rosa apaixonou o país. António Joaquim, o amante, foi uma das figuras centrais
Rosa Grilo
Triatleta Luís Grilo
Caso Viúva Rosa apaixonou o país. António Joaquim, o amante, foi uma das figuras centrais
Rosa Grilo
Triatleta Luís Grilo
Já entraram no Tribunal de Vila Franca de Xira os recursos do Ministério Público e de Rosa Grilo, no caso da morte do triatleta Luís Grilo. O procurador pede a condenação do amante de Rosa - António Joaquim - e garante que a prova produzida em julgamento não o iliba.

Num extenso documento com mais de 100 páginas, o magistrado diz mesmo que não seria possível Rosa ter transportado o corpo sozinha e que também não foi ela quem disparou.

Diz que foi António Joaquim e que além de ser condenado numa pena próxima da pena máxima deve ser ainda proibido de voltar às funções no tribunal.


Rosa Grilo, por seu turno, avançou também com um recurso, mas em sentido oposto. Pede a libertação imediata, já que afirma que deve também ser aplicado, no seu caso, o mesmo princípio de que em caso de dúvida o arguido tem de ser absolvido. A advogada Tânia Reis observa depois que houve várias nulidades no julgamento, que tem de ser repetido.

António Joaquim, absolvido do crime de homicídio e condenado apenas por posse de arma ilegal, não recorreu. Para já, continua de baixa e ainda não regressou ao trabalho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)