Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

PSP apanha 50 infetados com Covid-19 na rua

Já foram feitas 362 detenções entre 20 de março e 10 de setembro.
Miguel Curado 13 de Setembro de 2020 às 09:53
Agentes policiais estão incumbidos pelo Governo de fiscalizar regras definidas pela Direção-Geral da Saúde
Agentes policiais estão incumbidos pelo Governo de fiscalizar regras definidas pela Direção-Geral da Saúde FOTO: Carlos Barroso
A PSP prendeu meia centena de pessoas infetadas com a doença Covid-19, por violação à obrigação de confinamento decretada pela Direção-Geral da Saúde (DGS). No total, esta força de segurança efetuou 362 detenções no período compreendido entre 20 de março (início do estado de emergência decretado pelo Governo ) e a última quinta-feira.

No balanço da atividade operacional feita para vigilância às normas decretadas pela DGS, a PSP explicou ontem que os 50 infetados com Covid-19 presos durante este período incorrem no crimes de desobediência e propagação de doença contagiosa. As patrulhas policiais participaram todas as situações detetadas ao Ministério Público. Compete agora a este organismo, titular do exercício da ação penal segundo a lei portuguesa, a decisão de avançar com a dedução de acusações para que os detidos vão a julgamento ou arquivar os processos.

As restantes detenções efetuadas, em apoio às diretivas emanadas pelas autoridades de saúde, foram todas relativas à prática de contraordenações. Ao que o CM apurou, as patrulhas da PSP detetaram situações de consumo ilegal de bebidas alcoólicas na via pública ou em estabelecimentos que funcionavam em desrespeito ao horário determinado, e ainda casos de ajuntamentos de pessoas em número irregular. Em comunicado, a PSP confirma que irá continuar a colaborar com as autoridades de saúde, nomeadamente na vigilância às decisões de confinamento médico decretadas pela DGS.
infetados detenções psp polícia de segurança pública
Ver comentários