Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Homem que matou irmã paraplégica à pancada apanhado pela PSP a arrumar carros em Alcântara

Autoridades verificaram que suspeito tinha um mandado de detenção pelo crime de homicídio qualificado na forma consumada. 
Correio da Manhã 14 de Agosto de 2020 às 09:12
PSP
PSP FOTO: Vitor N. Garcia

A PSP de Lisboa deteve um homem de 49 anos que era procurado pelo homicídio da irmã desde o início de março.

O homem foi detetado em Alcântara, após ser abordado  por dois agentes quando auxiliava condutores a parquear viaturas num estacionamento. Não tinha qualquer identificação, mas  quando deu o nome e os polícias verificaram a base de dados perceberam logo que sobre ele pendia um mandado de detenção.

A vítima mortal, uma mulher de 44 anos paraplégica devido a uma doença prolongada, foi agredida pelo irmão no dia 27 de fevereiro de 2018, na casa onde ambos viviam, nas Mercês, Sintra. A PSP foi chamada ao local após denúncia de vizinhos, mas foi incapaz de responder às questões dos agentes e acabou por ser transportada ao hospital de Santa Maria em estado grave. Viria a morrer quatro dias depois. A autópsia determinou que a causa da morte foi o espancamento e a investigação entregue à PJ. Rapidamente se percebeu quem era o autor do crime, mas o homem tinha desaparecido.

Foi localizado na quarta feira de manhã e imediatamente detido. Já está na cadeia de Lisboa em prisão preventiva.




PSP Alcântara Lisboa crime lei e justiça suspeito homicídio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)