Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

PSP recaptura evadido de hospital

Recluso que fugiu do Egas Moniz preso no centro do Cartaxo.
Miguel Curado 3 de Julho de 2019 às 08:35
Hospital Egas Moniz
Prisão
Grades de Prisão
Hospital Egas Moniz
Prisão
Grades de Prisão
Hospital Egas Moniz
Prisão
Grades de Prisão
Durou pouco mais de 36 horas a fuga do recluso de 45 anos, da cadeia de Silves, que no domingo à noite saltou da janela de uma casa de banho do Hospital Egas Moniz, em Lisboa.

O homem foi apanhado pela PSP pelas 13h00 desta terça-feira, quando caminhava numa rua do centro do Cartaxo, cidade de onde é originário e onde ainda tem família.

Muito conhecido por todo o concelho, o foragido foi detetado por um polícia da esquadra do Cartaxo, de folga. "Caminhava pela rua, aparentando cuidados para não ser reconhecido. No entanto, depressa se percebeu que era o recluso em fuga", explicou ao CM uma fonte da PSP de Santarém.

O agente do Cartaxo pediu reforços e rapidamente foi possível "encurralar o foragido".

"Só assim foi possível prendê-lo, evitando que recorresse à agilidade que tem para fugir de novo", acrescentou a mesma fonte da PSP.

O recluso foi levado para a PSP do Cartaxo e entregue a guardas prisionais.

Os Serviços Prisionais referiram, em comunicado, que o detido "foi levado para o hospital-prisão de Caxias, para avaliação clínica, seguindo-se depois os procedimentos legais".

PORMENORES 
Já tinha fugido
O recluso, de 45 anos, já tinha fugido no passado. Sabe o CM que em 2001 o homem escapou da prisão de Vale de Judeus, sendo depois recapturado.

Inquérito continua
Os Serviços Prisionais mantêm o inquérito para apurar as circunstâncias em que o homem escapou do Hospital Egas Moniz, em Lisboa.

Cumpre pena de 6 anos
O recluso cumpre uma pena de 6 anos por roubos e furtos. Estava internado no Hospital Egas Moniz desde o dia 8 de junho.
Ver comentários