Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

"Queriam roubar e ele resistiu": melhor amigo de Mota Jr acredita que rapper morreu em assalto

Éder Fernandes crê que assalto poderá ter sido motivado pela ostentação de dinheiro e ouro em videoclips musicais.
Correio da Manhã 25 de Maio de 2020 às 08:28
Mota Jr
Éder Fernades
Mota Jr
Éder Fernades
Mota Jr
Éder Fernades
"Queriam roubá-lo e ele era pessoa para resistir. Não estou a ver ele a deixar-se ficar. Enfrentou-os, tentou fugir de certeza, não tenho dúvidas." Para Éder Fernandes, um dos melhores amigos de Mota Jr, o rapper foi morto na sequência de um assalto que pode ter sido motivado pela ostentação de dinheiro e ouro em videoclips musicais.

"Foi alguém que sabia os passos dele e a vida dele. O ouro poderia causar inveja. O simples facto de ser cantor e exibir o dinheiro pode provocar isso e levar as pessoas a pensar que ele tinha muito dinheiro", explicou Éder Fernandes, em entrevista à CMTV, descartando a hipótese de o crime ter sido consequência de uma rivalidade entre artistas de hip hop. "Não faz sentido falar em rivalidade da música. Não foi isso."

David Mota, que ficou conhecido por Mota Jr, foi raptado a 15 de março - junto a casa, São Marcos, Cacém - e o corpo foi encontrado na 2ª feira, dia 18 de maio, na Arrábida. A PJ já identificou suspeitos. Terão fugido para Inglaterra logo a seguir ao crime.
David Mota Éder Fernandes crime lei e justiça artes cultura e entretenimento crime desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)