Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Quiseram vingar traição e esfaquearam e agrediram mulher

Vítima foi levada para o Hospital de Aveiro.
Nelson Rodrigues 29 de Março de 2020 às 09:12
Mulher foi hospitalizada em Aveiro
Urgência do Hospital de Aveiro
Mulher foi hospitalizada em Aveiro
Urgência do Hospital de Aveiro
Mulher foi hospitalizada em Aveiro
Urgência do Hospital de Aveiro

Munidos com uma faca, um ferro e um cinto de cabedal com fivela em ferro, os três agressores, um casal, de 48 anos, e a filha, de 21, resolveram ajustar contas com uma mulher que entendiam ser a responsável pelo fim da relação amorosa da arguida mais nova.

Deslocaram-se à casa da vítima, no centro de Aveiro, a 16 de abril do ano passado, e mal aquela abriu a porta, partiram de imediato para a violência. Foi esfaqueada numa mão, na testa e no abdómen e espancada com o cinto e o ferro por todo o corpo. Sofreu várias lesões e foi hospitalizada em estado grave.

Os três arguidos estão acusados de ofensas à integridade física grave e qualificada. Estão em liberdade e o início do julgamento está agendado para o próximo mês no Tribunal de Aveiro.

Refere o processo que a agressão ocorreu às 21h45. Tocaram à campainha e mal a porta foi aberta, a arguida mais nova começou por insultar a vítima - que mantinha um relacionamento com o seu ex-namorado. "Tu comigo não brincas, p..., vaca, cabra, rinoceronte", gritou-lhe, enquanto lhe desferiu um golpe de faca numa mão.

Em ato contínuo, também os pais da agressora agrediram a mulher - que sofreu ferimentos na cara, pescoço, no tórax, abdómen, nas pernas e braços. A vítima esteve de baixa 21 dias.

crime lei e justiça crime lei e justiça questões sociais julgamentos maus-tratos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)