Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

SEF investiga papel de migrante em todos os desembarques de refugiados ocorridos na costa algarvia

Suspeito foi constituído arguido na quinta-feira pelo crime de tráfico de seres humano.
Miguel Curado 11 de Outubro de 2020 às 09:31
Suspeito foi constituído arguido na quinta-feira pelo crime de tráfico de seres humano.
Suspeito foi constituído arguido na quinta-feira pelo crime de tráfico de seres humano. FOTO: Direitos Reservados
O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) está a investigar o papel do migrante marroquino - constituído arguido na quinta-feira pelo crime de tráfico de seres humanos - em todos os desembarques de refugiados ocorridos na costa algarvia.

Sabe-se que o homem, que se encontra na Unidade Habitacional de Santo António, no Porto, chegou a Portugal a 15 de setembro, numa embarcação com outros 27 migrantes. Foi colocado no quartel militar de Tavira, de onde 17 pessoas fugiram a 1 de outubro. Depois disso, acabou por ser transferido para o Porto. É suspeito de ter facilitado este desembarque, mas não está descartada a sua intervenção nos anteriores casos.

Ver comentários