Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Segurança Social revela lista de postos de atendimento para vítimas dos fogos

Saiba onde está a ser feito o atendimento de emergência em cada um dos distritos afetados.
16 de Outubro de 2017 às 17:08
Bombeiros no combate aos fogos
Bombeiros no combate aos fogos FOTO: Nuno Fernandes Veiga

A Segurança Social aumentou o número de postos de apoio de emergência às populações afetadas pelos incêndios que lavram no Norte e Centro do país desde domingo, em articulação com as Câmaras Municipais, foi esta segunda-feira anunciado.

Numa nota do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, é feita uma atualização dos locais onde é disponibilizado apoio social direto, anunciados esta manhã, e que se estendem a cinco distritos: Viseu, Leiria, Guarda, Coimbra, e Castelo Branco.O distrito de Viseu é aquele onde foram montados mais postos.As pessoas poderão então dirigir-se aos postos de apoio de emergência no Quartel do Regimento de Infantaria (Viseu), na Escola Preparatória de Vouzela, na Quinta da Capela, freguesia de Campia, no pavilhão municipal de Vouzela, freguesia de Cambra, na Casa do Povo de Destriz, em Oliveira de Frades e na Igreja Senhorim e no pavilhão municipal, em Nelas.

Também no distrito de Viseu estão a funcionar postos de apoio no Centro de Saúde e no Centro Cultural, em Santa Comba Dão, no pavilhão gimnodesportivo de Tondela, na Casa do Povo de Santiago de Cassurrães (Mangualde), no pavilhão dos bombeiros de Carregal do Sal, na IPSS ASSOCREL, em Castro Daire, no centro escolar de São Pedro do Sul e no pavilhão dos bombeiros de Mortágua.

No distrito da Guarda, foram montados postos de apoio em dois pavilhões gimnodesportivos de Seia e no pavilhão gimnodesportivo e no Seminário de Gouveia, e ainda no estádio municipal de Panoias. Já em Coimbra, estão abertos postos de apoio em Arganil (escola EB1 e Centro Social de Côja), em Vila Nova de Poiares (Irmandade Nossa Senhora das Necessidades), na Lousã (Quartel dos Bombeiros), em Penacova (pavilhão gimnodesportivo) e em Cantanhede/Mira (Quartel dos Bombeiros Voluntários).

Neste distrito, foram colocados postos de apoio também no pavilhão municipal de na Fundação Aurélio Amaro (Oliveira do Hospital), e no pavilhão multiusos de Tábua.As populações afetadas pelos incêndios podem ainda receber apoio social de emergência em Oleiros (Castelo Branco), na Residência de Estudantes e na Santa Casa da Misericórdia, e em Leiria, no Regimento de Artilharia, n.º 4, e na Associação Cultural e Desportiva de Carriço (Pombal).

O Ministério salienta também que poderá ser contactada a Linha Nacional de Emergência Social, através do número gratuito 144, para obter informações "acerca destes locais onde está a ser prestado o apoio". O Governo irá também "atualizar em permanência" a informação através da sua conta na rede social 'Twitter', através da conta @Trabalho_PT.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)