Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Mais de 200 bombeiros e dois meios aéreos combatem incêndio em Mondim de Basto

Mais de 200 bombeiros no teatro das operações.
Correio da Manhã e Lusa 31 de Julho de 2020 às 18:04
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Incêndio no monte da Senhora da Graça em Mondim de Basto
Um incêndio com duas frentes em Mondim de Basto, distrito de Vila Real, cortou do acesso ao Monte Farinha e dirige-se para a aldeia de Vilar de Ferreiros, disse esta sexta-feira à Lusa fonte da Proteção Civil.

Pelas 20h00 o fogo começou a ceder numa das frentes, continuando a não haver habitações em risco, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

"Continuamos com duas frentes ativas, com o fogo a arder com muita intensidade, mas o flanco de uma delas está a ceder aos meios", explicou a fonte da Proteção Civil de Vila Real.

"Está bastante vento, que não sendo muito forte ajudou a que o fogo subisse com muita facilidade pelo Monte Farinha e vai arder tudo. Aliás, já deu a volta. A encosta a sueste é batida pelo sol de tarde com toda a força e incêndio foi por ali acima, imparável", explicou o responsável.

O Santuário da Senhora da Graça, no topo do monte, devido "à sua construção granítica não está em perigo e estão, inclusive, lá 13 pessoas que se mantêm em segurança", assegurou, confirmando que o acesso ao topo "continuam cortados".

O alerta foi dado pelas 16h11.

Pelas 9h45 deste sábado estavam no terreno 248 operacionais, apoiados por 73 meios terrestres e dois meios aéreos. Durante o dia de sexta-feira chegaram a estar oito meios aéreos a ajudar no combate às chamas.

"Corta o coração"
O vereador da Câmara de Mondim de Basto Nuno Lage disse que "corta o coração" ver o incêndio destruir área significativa no monte da Senhora da Graça, onde termina uma das etapas principais da Volta a Portugal em bicicleta.

"Para nós, mondinenses, é como quem nos corta o coração ver esta área toda já ardida e agora, com o cair da noite, ainda é mais doloroso assistir a isto que está aqui a acontecer", afirmou o autarca à agência Lusa.

Segundo o vereador, com o cair da noite o vento acalmou. "Rapidamente o fogo consumiu até ao alto da Senhora da Graça por causa do vento, foi algo que nos preocupou durante a tarde", explicou.

Nuno Lage disse ainda que, quando foi dado o alerta para o fogo, foram detetados dois focos, apontando que as causas que estiveram na sua origem vão ser averiguadas pelas autoridades.

Alto da Senhora da Graça Mondim de Basto Vila Real incêndio chamas bombeiros
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)