Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Suspeita de gravidez põe fim a abusos sexuais do tio

Menina era abusada sexualmente pelo tio desde os 12 anos.
Tiago Virgílio Pereira 8 de Janeiro de 2020 às 08:51
Justiça
Justiça
Justiça
Justiça
Justiça
Justiça

Uma adolescente de 14 anos foi alvo de abusos sexuais por parte do tio, de 37, nos últimos dois anos, numa aldeia dos arredores da cidade de Viseu. Foi a suspeita de uma gravidez que acabou por revelar os crimes, investigados pela Polícia Judiciária do Centro. O suspeito acabou por ser detido na segunda-feira e foi esta terça-feira presente a um juiz no Tribunal de Viseu.

Tio e sobrinha viviam em casas vizinhas. Segundo apurou o CM junto da investigação, os abusos, que aconteceram quase sempre dentro de casa do predador, começaram quando a menina tinha apenas 12 anos. Para garantir o silêncio da vítima, o familiar dava-lhe prendas de valor insignificante, como guloseimas.

Recentemente, a vítima deslocou-se a um centro de saúde para ser assistida por suspeitas de gravidez que, ao que tudo indica, não se veio a confirmar. Foi no seguimento desta ida à unidade de saúde que se levantaram as suspeitas de abusos, motivando a investigação da PJ do Centro, que de imediato foi para o terreno. Na segunda-feira, o suspeito, desempregado e sem antecedentes criminais, acabou detido. A menina, hoje com 14 anos, está inserida numa família disfuncional e com graves carências socioeconómicas. Por esse motivo, e enquanto decorrer o processo, irá ficar institucionalizada.

Esta terça-feira, o agressor foi levado ao Tribunal de Viseu para ser ouvido em primeiro interrogatório judicial, mas ao fecho desta edição não eram conhecidas as medidas de coação. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)