Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Suspeito de fogo posto em Cantanhede fica em prisão preventiva

PJ admite que seja também "autor de anteriores crimes" da mesma natureza.
Lusa 3 de Julho de 2020 às 14:40
Incêndio em Cantanhede
Incêndio em Cantanhede FOTO: CMTV
O homem de 55 anos detido na quarta-feira em Cantanhede por suspeita de fogo posto vai ficar em prisão preventiva, disse esta sexta-feira à agência Lusa uma fonte policial.

O arguido, que esteve para ser ouvido na quinta-feira no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Coimbra, só na manhã de hoje foi levado à presença de um magistrado judicial, que lhe aplicou a medida de coação mais severa.

O suspeito foi detido pela Polícia Judiciária por alegadamente ter ateado um incêndio florestal naquele município do distrito de Coimbra, admitindo os investigadores que ele seja também "autor de anteriores crimes" da mesma natureza.

Lusa Cantanhede Coimbra crime lei e justiça crime fogo posto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)