Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Talhante ameaça esquartejar mulher

Homem usou faca para ameaçar companheira e tentou estrangular filho, em Mafra.
Miguel Curado 2 de Março de 2019 às 02:00
Tribunal de Mafra
Faca
Ataque com faca
Tribunal de Mafra
Faca
Ataque com faca
Tribunal de Mafra
Faca
Ataque com faca

O pesadelo da mulher de 45 anos às mãos do marido, um talhante alcoólico de 47, já durava há cinco anos. Além de ter tentado estrangular o filho mais velho, de 11 anos, na casa da família, na Malveira, concelho de Mafra, o agressor usou a faca de grandes dimensões que trazia do trabalho para ameaçar de morte a companheira, garantindo que, depois, a esquartejava.

Só há cerca de duas semanas é que a vítima denunciou o terror de que estava a ser alvo. Deslocou-se ao posto da GNR da área de residência e apresentou queixa do marido. Por ordem do Ministério Público, foi tomada a medida cautelar de colocar a queixosa e os dois filhos, de 11 e 6 anos, numa casa-abrigo.

O inquérito foi entregue ao Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR de Lisboa que, na quinta-feira, avançou para a detenção do suspeito na localidade de Milharado, onde trabalhava num matadouro. Foi-lhe apreendida a faca usada nas ameaças à mulher e filhos. Presente esta sexta-feira ao tribunal de Mafra, ficou em prisão preventiva.

Os militares do NIAVE de Lisboa prenderam ainda, na quarta-feira, um moldavo de 23 anos que vivia em Portugal, na zona de Negrais, Sintra, há apenas dois meses. O imigrante foi alvo de queixa da mulher, de 22, que o acusou de espancamento. Há cerca de duas semanas, a vítima deslocou-se à GNR onde mostrou as marcas das agressões e fotos de anteriores espancamentos. Preso na quarta-feira, este agressor também ficou em prisão preventiva.

Ver comentários