Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Técnico de informática internado por abusar de menino de três anos em Coimbra

Juízes consideram “que sofre de problemas psiquiátricos, mas insuficientes para ser considerado inimputável”.
Mário Freire 23 de Janeiro de 2022 às 10:29
Amigo da família atacou criança
Amigo da família atacou criança FOTO: Getty Images
Um técnico de informática, de 52 anos, foi condenado pelo Tribunal de Coimbra a uma pena de internamento de três anos e meio por um crime de abuso sexual de menores. Tem ainda de pagar 25 mil euros à vítima. O arguido mantinha uma relação de amizade com os familiares do menino e costumava pernoitar em casa dos avós paternos da criança, onde tinha mesmo um quarto.

Tudo aconteceu em janeiro de 2018, numa noite em que os pais do menino o deixaram com os avós. O menor, na altura com três anos, acabou por dormir no quarto do arguido, altura em que este consumou os abusos.

Para o coletivo de juízes, o informático agiu “consciente dos atos que praticava com uma criança de três anos, só para satisfazer o seu desejo sexual” e ficou claro “que sofre de problemas psiquiátricos, mas insuficientes para ser considerado inimputável”. Ainda assim, o tribunal decidiu pelo internamento por o arguido “revelar necessidade de acompanhamento e tratamento hospitalar”. A defesa vai recorrer.

Ver comentários