Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Três feridos em mergulhos perigosos

Um mergulho mal calculado provocou ontem lesões graves a nível cervical num turista de 42 anos, na praia da Fábrica, em Cacela Velha, Vila Real de Santo António (VRSA). A vítima é um emigrante português em França e foi transportada no helicóptero do INEM directamente para o Hospital de Santa Maria.
22 de Julho de 2009 às 00:31

O acidente eleva para três os casos de turistas feridos após mergulhos no Algarve, no espaço de 12 dias. Todos eles sofreram lesões graves a nível cervical e neurológico e correm o risco de ficar paralisados da cintura para baixo. As autoridades alertam para uma maior atenção. "É preciso conhecer os locais onde se mergulha e existir um cuidado redobrado em praias pouco frequentadas e que não têm vigilância", avisa Rocha Pacheco, comandante da Capitania de VRSA. No último caso, segundo fonte do INEM, a vítima bateu com a cabeça na areia e "perdeu a sensibilidade do tórax para baixo".

No fim-de-semana passado, um jovem de 20 anos sofreu os mesmos ferimentos, na praia de D. Ana, em Lagos. Há 12 dias foi um rapaz de 17 anos a ficar ferido com gravidade após saltar de uma arriba, também em Lagos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)