Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Tribunal deixa menor que atacou quatro raparigas e violou menina de 12 em Centro Educativo

Crimes aconteceram em Sintra.
Sérgio A. Vitorino 20 de Fevereiro de 2020 às 11:07
Tribunal de Sintra
Tribunal de Sintra FOTO: CMTV

O rapaz de 15 anos que atacou quatro raparigas em Mem Martins, conseguindo violar duas, ficou com a medida de coação de recolha a Centro Educativo, decidida pelo Tribunal de Família e Menores de Sintra.

O rapaz de 15 anos que foi detido terça-feira à noite por violação de uma menina de 12 anos, que apanhou na rua em Mem Martins, Sintra, ameaçou com faca e levou para um monte, já havia atacado outras três raparigas, conseguindo violar uma (nenhuma com cópula).

Terça-feira, após a violação, a menor conseguiu descrever o agressor. A PSP previu que ele fosse do bairro de S. José e fez-lhe uma espera. Apanhou-o com uma faca de grandes dimensões.

Acabou por confessar na esquadra ter atacado, dia 10, pelas 10h00, outras três vítimas, duas meninas de 11 e 12 anos. Agarrou uma, que fugiu, e deu alerta à escola. Às 12h00, agarrou uma jovem de 17 anos e com a faca roubou-lhe o telemóvel e levou-a para o monte, onde a despiu e violou. Foi assustado por barulhos e fugiu.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)