Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

"Uma violência brutal, este homem é um canalha": avô de jovem assassinada por colega em Lisboa diz que neta era perseguida

Homem revela pormenores sobre a relação abusiva que o agressor queria manter com a vítima.
28 de Maio de 2020 às 10:29
Polícia Judiciária de Lisboa
Polícia Judiciária de Lisboa FOTO: Luís Manuel Neves
José, avô da jovem que foi morta por um colega de faculdade e cujo corpo desapareceu, revelou à CMTV que a neta era perseguida por este homem que tentava ter uma relação.

"Eram só colegas. Ela queria ser pianista. Tinha feito o primeiro ano de conservatório", explica o avô.

A jovem, natural de Elvas, vivia sozinha na casa de um tio, em Chelas, e estava a tirar um mestrado em psicologia numa Universidade em Lisboa.

O objetivo da vítima era terminar o mestrado e voltar para o conservatório para ser pianista. "Foi uma violência brutal, este homem é um canalha, um assassino", diz o avô revoltado.
Lisboa José questões sociais assassino morte violência avô
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)