Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Vânia cumpria o sonho de ser GNR e Carlos preparava-se para ser pai. As histórias dos militares que morreram na A1

Um PSP na reforma em excesso de velocidade abalroou o carro-patrulha da GNR provocando a morte aos dois militares.
João Carlos Rodrigues e Miguel Curado 9 de Julho de 2020 às 08:34
Carlos Pereira e Vânia Martins
Carlos Pereira e Vânia Martins FOTO: Direitos Reservados
Vânia Sofia Martins cumpria o sonho de ser militar da GNR e Carlos Pereira esperava um filho nos próximos meses. Ambos morreram abalroados por um carro em excesso de velocidade na A1 em Santarém. A viatura era conduzida por um agente da PSP na reforma.

‘Menina da aldeia’ sonhava ser GNR

Vânia Sofia Martins cresceu na aldeia de Moitas, no concelho de Proença-a-Nova. Chegou a trabalhar na fábrica de componentes para automóveis Deplhi, em Castelo Branco, mas conseguiu cumprir o sonho de entrar para a GNR, o que aconteceu em 2013.

Viúva no final da gravidez
Há vários anos que o guarda Carlos Pereira namorava com a atual companheira, filha de um antigo militar da GNR. Há pouco mais de um ano decidiram viver juntos na Covilhã e o primeiro filho estava agora a caminho. A mulher está grávida de sete meses.

A criança, quando nascer, será a única herdeira dos bens deixados pelo pai agora falecido e terá também direito à indemnização que a GNR irá pagar por se tratar de uma morte em serviço. O valor equivale a 250 ordenados mínimos e pode chegar aos 150 mil euros. Mas depende de um processo que determine que, de facto, se tratou de um acidente em serviço e da disponibilização da verba pelo Ministério das Finanças, uma situação que poderá demorar mais de um ano.

Carlos Pereira, apurou o CM, teria também contraído um empréstimo junto dos Serviços Sociais da GNR quando foi viver com a companheira, dívida que ficará saldada automaticamente com o óbito.

O corpo do guarda, de 27 anos, estava ontem na morgue do Hospital de Santarém. Deverá ser libertado esta quinta-feira para que a família possa realizar as cerimónias fúnebres.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)