Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Vendaval deixa rasto de destruição em Beja. Veja as imagens

Chuva intensa e vento forte marcaram manhã desta sexta-feira.
Correio da Manhã e Lusa 18 de Setembro de 2020 às 11:42
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Vendaval deixa rasto de destruição em Beja
Uma tempestade intensa atingiu esta sexta-feira de manhã várias zonas da cidade de Beja e provocou a queda de mais de 100 árvores e danos em veículos e infraestruturas, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Tratou-se de "um fenómeno rápido de vento forte e chuva intensa, talvez um minitornado", que começou por volta das 10h50 e passou "por cerca de 20 artérias da zona sul/sudeste da cidade", provocando sobretudo quedas de árvores, algumas em cima de veículos, explicou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Beja, Pedro Barahona.

Segundo o comandante, não há registo de vítimas, mas de queda de "mais de 100 árvores" e de danos em "cerca de 30 a 40 viaturas" e em infraestruturas, como telhados e antenas.

O fenómeno começou na entrada da cidade de Beja junto ao Regimento de Infantaria n.º 3 e passou por várias zonas, como o estacionamento do Parque de Feiras e Exposições e os bairros de Mira Serra, do Pelame e das Saibreiras, disse o comandante.

Pedro Barahona contou que o fenómeno também provocou danos na Escola dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico de Mário Beirão, situada junto ao parque de feiras e exposições, sobretudo no telhado e em janelas, o que levou à suspensão das aulas "por precaução" durante o dia de hoje.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, a resposta às várias ocorrências registadas envolvem operacionais e meios de várias corporações de bombeiros, como as de Beja, Cuba, Ferreira do Alentejo e Serpa, da PSP e da GNR.



Ovibeja Beja rua Sousa Porto Nossa Senhora das Neves meteorologia
Ver comentários