Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

"É desolador": Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho

Mar está a galgar a proteção costeira na praia de Paramos.
22 de Dezembro de 2019 às 13:10
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
'É desolador': Ondas de 10 metros inundam casas em Espinho
A força do mar causou inundações em estabelecimentos comerciais e casas este domingo na praia de Paramos, em Espinho, com ondas com cerca de 10 metros.

O mar está a galgar a proteção costeira e a inundar a rua.

O presidente da junta de freguesia de Paramos, Manuel Dias, disse ao CM que a proteção naquela zona "foi reforçada com taludes" mas "o mar galgou as proteções. Nos outros anos os taludes eram suficientes".

"Felizmente não temos grandes danos a assinalar, temos a praia e a rua cheia de água e pedras, é desolador," termina.
Espinho Paramos meteorologia
Ver comentários