Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Depressão Jorge atravessa Portugal e semana termina mais cinzenta e com descida de temperaturas

Possibilidade de chuva fraca nas regiões Norte e Centro.
Correio da Manhã 28 de Fevereiro de 2020 às 07:48
Céu nublado
Céu nublado FOTO: CMTV
Para o final desta semana, que começou com sol e temperaturas de primavera, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê céu geralmente pouco nublado, apresentando períodos de maior nebulosidade nas regiões Norte e Centro, em especial no litoral, até final da manhã.

A partir do final da tarde, o cenário muda ligeiramente com o aumento de nebulosidade e a ocorrência de períodos de chuva fraca no Minho e Douro Litoral no final do dia.

O vento vai soprar 
fraco, aumentando de intensidade a partir do final da tarde. Neblina ou nevoeiro matinal.

Os termómetros vão registar uma pequena descida da temperatura mínima na região Norte e, em contrapartida, uma pequena subida da temperatura máxima nas regiões do interior.

Em Lisboa, capital portuguesa, as temperaturas vão variar entre os 8 e os 20 graus. Já no Porto, os termómetros vão oscilar entre os 6 e os 15 graus.

O distrito mais frio esta sexta-feira é Bragança com 2 graus de mínima e 18 de máxima. Faro será o distrito mais quente de Portugal continental no fecho desta semana, com 11 graus de temperatura mínima e 21 de máxima.

Para o arquipélago da Madeira o IPMA prevê céu parcialmente nublado, com 21 graus no Funchal e 20 graus em Porto Santo. 

Nos Açores, a previsão aponta para aguaceiros nos três grupos do arquipélago. A Horta regista 18 graus de temperatura máxima. Já em Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Santa Cruz das Flores os termómetros vão subir até aos 19 graus.

Numa nota divulgada no site do IPMA pode ler-se que a Depressão Jorge não vai afetar Portugal. "O sistema frontal associado à depressão Jorge deverá atravessar Portugal continental com atividade moderada na região Norte, e enfraquecendo enquanto se desloca para sul", pode ler-se.

Ver comentários