Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Chuva torrencial deixa salas alagadas no Hospital de São José em Lisboa. Veja as imagens

PROCIV já emitiu alerta para agravamento das condições meteorológicas.
Correio da Manhã 16 de Janeiro de 2020 às 18:59
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
Chuva deixa salas de Hospital de São José em Lisboa alagadas
O mau tempo, caracterizado por chuva torrencial e vento, deixou algumas salas alagadas, no Hospital de São José, em Lisboa. 

Nas imagens, é possível ver pacientes e vários panos a cobrir parte da água presente naquela unidade hospitalar.

Recorde-se que, de acordo com informações fornecidas pelo IPMA, estava previsto que esta quinta-feira a chuva caísse com intensidade e frequência, especialmente nas regiões do norte e centro do País. A partir de domingo regressa o tempo seco e o frio com descida significativa das temperaturas mínimas.

Em declarações à Lusa, a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), adiantou que até sábado está prevista a passagem de sucessivas ondulações frontais que vão trazer chuva forte.

Esta situação levou já a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) a emitir na quarta-feira um alerta para o agravamento das condições meteorológicas, em particular nos distritos de Viana do Castelo, Vila Real, Braga e Porto.

A ANEPC recomenda que seja dada "especial atenção às zonas historicamente identificadas como vulneráveis a inundações", uma vez que poderá haver acumulação de água da chuva nas bacias hidrográficas de Lima, Cávado e margem norte do Douro.

Em declarações à Lusa, a meteorologista Maria João Frada indicou que para o final do dia desta quinta-feira está também prevista chuva, mas em geral fraca no Algarve e baixo Alentejo.

Segundo Maria João Frada, na sexta-feira estão previstos aguaceiros fracos durante a madrugada nas regiões do norte e centro do País.

Hospital de São José Lisboa acidentes e desastres
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)