Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

123 infetados com Covid-19 em dois lares da Grande Lisboa

Três idosos não resistiram à doença no Barreiro.
Francisca Genésio e Mariana Lopes 19 de Agosto de 2020 às 08:26
Coronavírus xx
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus xx
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus xx
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus

Há pelo menos 123 infetados e três vítimas mortais da Covid-19 em dois lares da região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), avançou ao Correio da Manhã a Administração Regional de Saúde.

Deste total, a grande fatia (71) refere-se ao surto da Casa de Saúde e Repouso da Amoreira, na Ramada, Odivelas. Outros 52 casos - 38 residentes e 14 trabalhadores - foram registados no Lar de São José, pertencente à Casa da Misericórdia do Barreiro. Três idosos desta instituição acabaram por não resistir à infeção. Há ainda seis internados.

Do total de infetados no lar de Odivelas, 37 são utentes e 34 são funcionários - todos assintomáticos. Esta terça-feira, a autoridade de Saúde local, assim como a autarquia, visitaram o local.

O vice-presidente da Câmara de Odivelas, Edgar Valles, garantiu que não há a "necessidade" de retirar os utentes da instituição, uma vez que o lar reúne condições para "fazer a separação efetiva" dos doentes infetados e não infetados. O surto foi detetado depois de um utente ter ido ao hospital, por motivos não relacionados com a Covid-19 e ter sido testado - o resultado foi positivo. A situação fez soar os alarmes na instituição que, de imediato, testou todos os utentes e funcionários.

De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde, esta terça-feira foram registados 214 novos casos de infeção no País e cinco óbitos - todos de mulheres na região de LVT. Dos novos diagnósticos de Covid-19, 128 foram registados na Grande Lisboa, o que representa 59,8% do total nacional de novas infeções. Quanto aos internamentos, o número mantém-se: 336, dos quais, 38 em Cuidados Intensivos.

Ver comentários